Com o avanço do novo coronavírus (covid-19), o governo de Pernambuco endureceu as medidas de precaução. Para tentar conter a disseminação do novo coronavírus em Pernambuco, o governador do Estado, Paulo Câmara, por meio de decreto na sexta-feira (3), determinou o fechamento de praias e parques em todo o território estadual, valendo do sábado (4) até a segunda-feira (6).

Agora, além do fechamento de parques e praias do Estado, está proibido o acesso aos calçadões. O decreto iniciou nesta segunda-feira (06) e será válido até a próxima segunda-feira (13). A medida foi tomada após o número de óbitos provocados pela doença triplicar nos últimos dias, o prazo foi estendido, acrescentando a decisão sobre os calçadões. “Estamos prorrogando a proibição de acesso a praias, parques, dessa vez incluindo os calçadões para garantir a segurança das pessoas e que elas permaneçam em casa. O momento é crítico e exige isso”, declarou Paulo Câmara, nesta última segunda-feira.

“Fica vedado o acesso às praias e ao calçadão das avenidas situadas nas faixas de beira-mar e de beira-rio, e aos parques localizados no Estado de Pernambuco, para prática de qualquer atividade, até o dia 13 de abril de 2020. Inclui-se na restrição a atividade de caminhada e de corrida nas ciclofaixas adjacentes ao calçadão. Não se encontra incluída na restrição a atividade de pesca artesanal e profissional”, diz trecho do decreto.

De acordo com o Ministério Publico de Pernambuco, as medidas administrativas necessárias para garantir o fechamento e isolamento absolutos das praças e parques públicos por, pelo menos, 30 dias. “É necessário o fechamento absoluto de parques, praças e praias localizados na cidade do Recife, no sentido de evitar que as pessoas circulem por estes ambientes públicos, promovendo, desta forma, o isolamento social indicado como indispensável para conter o avanço da pandemia”, declarou o promotor de Justiça Solon Ivo da Silva Filho.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here