Início Aplicativos Adidas cria desafio digital para ajudar no combate ao Covid-19

Adidas cria desafio digital para ajudar no combate ao Covid-19

145
0

A Adidas anunciou, nesta segunda-feira (18), a criação de um desafio digital para manter os fãs da marca ativos em meio a quarentena e ainda ajudar no combate à pandemia. Cada hora de atividade física usando os aplicativos Adidas Running e Adidas Training será convertida em US$ 1 para o Fundo de Resposta Solidária ao Covid-19 da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Batizado de “#HOMETEAM Heroes Challenge“, o desafio tem como objetivo atingir 1 milhão de horas de atividades físicas, o que renderia US$ 1 milhão à OMS. A campanha entrará em vigor no dia 29 de maio e durará até 7 de junho.

De acordo com a Adidas, a iniciativa reunirá a comunidade global de atletas da marca com consumidores do mundo todo por meio da colaboração com diversos aplicativos de rastreamento de atividades, incluindo Garmin, Zwift, Polar, Suunto, JoyRun e aplicativos próprios da adidas (Adidas Running e Adidas Training), que trarão uma seleção extensa de exercícios. Atletas como o jogador do Bayern de Munique David Alaba, a ultramaratonista Sabrina Stanley e a estrela do rúgbi do País de Gales George North serão alguns dos guias das atividades.

Segundo a marca, as modalidades que participam do desafio são corrida, training (aplicativo Adidas Training), caminhada, ciclismo, treinamento de força, aeróbica, esteira, mountain bike, ioga, elíptico, patins, caminhada nórdica, ciclismo, cadeira de rodas, corrida em montanha, handcycling, spinning, corrida virtual, ciclismo virtual, skate, futebol, basquete, dança, tênis, rúgbi e boxe.

O “#HOMETEAM Heroes Challenge” faz parte da resposta global da Adidas à situação do COVID-19 para apoiar os parceiros, clientes e pessoas mais necessitadas no atual momento de crise.

Durante o período, milhares de máscaras faciais já foram produzidas e doadas para os profissionais de saúde dos EUA em colaboração com a Carbon, assim como doações de R$ 10 a cada produto com valor superior a R$ 100 adquirido nos e-commerces da Adidas e da Reebok para o mesmo fundo da OMS. A marca alemã ainda tem feito um fornecimento contínuo de máscaras para comunidades médicas na Coreia do Sul, Europa e Estados Unidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here