Início Relato de Provas VI Maratona Mauricio de Nassau – Saiba como foi…

VI Maratona Mauricio de Nassau – Saiba como foi…

3241
2

 

 

 

VI-Maratona-Mauricio-de-Nassau-2015 (2)

Com um clima bacana e de pura animação, mais de dois mil corredores invadiram as ruas do Recife e celebraram a maior maratona do Nordeste. Apesar do calor típico da primavera recifense, os milhares de atletas inscritos nas 4 provas da Maratona Internacional Mauricio de Nassau (MIMN), estavam a postos, buscando superar seus limites. Sem atrasos, a prova iniciou às 16 horas, contando com três percursos distintos. Um para as provas dos 5 quilômetros, outro para as provas de 10 e 21 quilômetros e o percurso principal, contemplando os 42,195 quilômetros.

Uma das preocupações para um evento deste porte são os cuidados essenciais para os atletas amadores que encarariam as provas de longa distância, tanto dos 21 quanto dos 42 quilômetros. Assim como nas edições anteriores, não faltaram da ambulâncias circulando os três percursos, contando também com pelo menos quatro ambulâncias só no portico de chegada, além de diversos bombeiros civis, enfermeiros, fisioterapeutas e um posto médico, no Cais da Alfândega, todos de prontidão para atender os atletas.

VI-Maratona-Mauricio-de-Nassau-2015 (3)
Corredores de diversas partes do país fazendo a festa na Maratona Mauricio de Nassau.

Se dentro da corrida tudo funcionou, alguns entraves que fogem dos organizadores devem ser questionados e vale ser ressaltados para que a MIMN seja ainda mais consolidada no calendário nacional de maratonas, trazendo para nosso estado grandes atletas profissionais em busca de suas marcas individuais e claro, chamar para o Recife atletas amadores de outros estados e países que buscam encarar os 42.195m da prova de Maratona, haja visto que o Turismo Esportivo está cada vez mais forte no Brasil.

VI-Maratona-Mauricio-de-Nassau-2015 (1)
Sim, este é o Terminal Marítmo do Recife.

Uma das queixas principais dos corredores foi o percurso da prova, passando por locais escuros e sem iluminação como foi terminal marítimo, localizado próximo ao Forte do Brum. Os postes de ferro, de responsabilidade do poder público municipal estavam todos sem uma lâmpada sequer acesa, deixando os corredores que ainda realizavam as provas dos 21 e 42 quilômetros às escuras.

Outro ponto extra-organização que vale citar é o percurso liberado para a Maratona Internacional Mauricio de Nassau. Diferentemente do ano passado, que a CTTU liberou o Pina para realização da prova, este ano os percursos de 10, 21 e 42 quilômetros passaram pela Cabanga até o inicio da Avenida Sul. Levando em consideração que hoje os eventos esportivos são uma mola propulsora para fomentação do turismo local, essa mudança que devemos lamentar e que tanto os organizadores da MIMN quanto a Federação Pernambucana de Atletismo tem que sentar com a Prefeitura VI-Maratona-Mauricio-de-Nassau-2015 (4)do Recife e brigar para reinserir as praias do Pina e Boa Viagem como parte do percurso, como já foi realizado nas edições anteriores. Diferentemente da Estação de Tratamento de Esgoto do Cabanga, as praias do Pina e Boa Viagem são cartões postais do Recife e devem ser inseridas na paisagem da nossa única Maratona no estado. Até porque estes endereços são sempre liberados para outros eventos, como o reveillón, passeatas religiosas, políticas e parada da diversidade.

No mais é isso o que o Pernambuco Running tem a dizer. A Maratona Internacional Mauricio de Nassau é uma prova que cresce a cada ano e, não resta duvidas, que tem condições e pontencial para melhorar cada vez mais. Acesse e curta a página do Pernambuco Running no Facebook (CLIQUE AQUI) e veja as fotos que tiramos durante o percurso dos 21 km, ou então, acesse o Foco Radical que fez a cobertura oficial da prova e no FotoCorrida. O resultado oficial poderá ser visto no site www.maratonamauriciodenassau.com.br.

Confira a classificação completa das provas da Maratona Internacional Maurício de Nassau:

42 KM Masculino
1º Marcos Antônio Pereira
2º Márcio Barreto Silva
3º Adriano Profírio de Freitas
4º Divino Pereira Farias
5º Cícero Vieira

42 KM Feminino
1ª Graciete Moreira
2ª Mirela saturnino de Andrade
3ª Carla Barbosa Guimarães
4ª Cristiane Alves Xavier
5ª Ivonete marroque emiliano

21 KM Masculino
1º Josueldo Francisco do Nascimento
2º Daniel Henrique Alves
3º John Lennon Silva

21 KM Feminino
1ª Sandra Maria Alexandre
2ª Silvania Vanusa da Silva
3ª Lucicleide Onofre Silva

10 KM Masculino
1º Jocimar Pedro da Silva
2º Edilson Pereira
3º Luiz Alves da Silva

10 KM Feminino
1ª Josefa Diniz Silva
2ª Flávia Queiroz
3ª Beatriz Lira Veloso

5 KM Masculino
1º Eduardo Severo da Silva
2º Tarles Antônio Ribeiro de Alencar
3º Genilson dos Santos

5 KM Feminino
1ª Amy Michelle
2ª Kesia Bezerra da Silva
3ª Cláudia Cristina Correia de Melo

Organização
Percurso
Preço
Avaliação

2 COMENTÁRIOS

  1. Participei da prova. A minha sujestão é mudar o período da prova para o meio do ano, inverno, pois o clima é mais ameno. Com isso, poderiamo correr pela manhã evitando a “escuridão do Recife”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here