Washington Vaz, do PE Running, em um dos seus treinos semanais, sozinho.

Você prefere amarrar seus tênis e sair para correr sozinho? Ou você só pega a estrada se tiver um ou dois companheiros de corrida a reboque? Ambos têm vantagens, mas ao fazer apenas um você pode estar perdendo os benefícios exclusivos fornecidos pelo outro.

Fazer algumas de suas corridas sozinho e outras em grupo o tornará um corredor mais forte e feliz. Claro, correr com um grupo não é aconselhável durante a pandemia de COVID-19, então, para aqueles de vocês que nunca experimentaram a corrida solo, agora é o momento perfeito, além de se tornar uma experiência positiva e com vários benefícios:

Você pode correr no seu próprio ritmo. Quer queira correr rápido, devagar ou em algum ponto intermediário, você é o dono do seu próprio destino quando corre sozinho.

Você pode criar sua própria rotina. Quando você não tem ninguém com quem se preocupar além de si mesmo, pode correr quando quiser. Esteja você pegando o nascer do sol em uma corrida matinal ou indo para as ruas depois de escurecer, não há mais espera pelo seu companheiro de corrida que inevitavelmente está sempre atrasado.

Você pode se concentrar em sua forma e ouvir seu corpo. Quando você corre sozinho, há menos para distraí-lo de prestar atenção ao seu corpo. Isso permite que você se concentre em sua forma e ouça com mais atenção o que seu corpo está tentando lhe dizer. Isso pode prevenir lesões e melhorar o desempenho.

Correr sozinho pode melhorar sua força mental. Ele ensina como continuar a se esforçar quando as coisas inevitavelmente ficam difíceis – uma obrigação se você tem um objetivo de corrida.

Correr sozinho lhe dá um tempo de silêncio. Correr sozinho garante algum “tempo” todos os dias, durante o qual você pode relaxar, ficar sozinho com seus pensamentos ou talvez curtir suas músicas favoritas enquanto corre pelas ruas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here