Quem nunca saiu reclamando de um problema em um evento de corrida com os amigos, não é mesmo? Alguns gravam áudios furiosos. Outros preferem postagens indignadas nas redes sociais. E para o organizador, você disse algo?

A raiva se torna corrente de ódio

É um saco mesmo aguardar um evento por semanas (às vezes meses) e, no Dia D, não tinha camisa do kit para todo mundo. Ou faltou medalha no final da prova. Ou a água estava tão quente que é melhor beber o próprio suor. Ou não tinha água. Ou ainda, sem staff e o atleta se perde no percurso. Quem nunca passou por algo do tipo, ne?

RELACIONADO: O que não pode faltar em uma corrida de rua?

Nas redes sociais surgem a partir de situações citadas acima os ‘haters runners’, corredores com fúria e indignados que falam muito. Escrevem ‘textão’ em sua rede social e juram dentro de si que estão sendo lidos por todos. Na verdade não.

Com áudios gigantes sobre os defeitos de um evento de corrida ou mensagens ignorantes para o perfil do evento você consegue audiência com certeza. Talvez junte uns cinco ou seis amigos para se unir à sua causa de enfurecer o assessor do evento. E só.

Use os canais oficiais de comunicação

Sabe o que funciona mesmo quando um organizador não cumpre o prometido? Em primeiro momento ler o regulamento do evento para saber se a sua reclamação está certa. No regulamento tem tudo ‘tim tim por tim tim’. Todos os detalhes do kit, do percurso e o que seria oferecido no evento ou não. Talvez (e isso acontece muito!) você esteja destilando ódio virtual sem fundamento ou sem direito algo.

Todavia, você pode estar certo. Neste caso é preciso realizar uma reclamação formal por dois motivos: seu problema pode ser solucionado ou você pode reclamar para quem realmente evitará a repetição do problema. Neste caso, estamos falando do organizador do evento.

A forma de realizar uma reclamação oficial é buscando os canais de contato diretos da organizadora. Atenção: a organizadora é quem está promovendo o evento, o que pode ser diferente da empresa de cronometragem ou quem cedeu o espaço. Busque pelo nome assinante no banner promocional.

Sempre há no site de inscrição algo como “contate-nos”, “fale conosco” ou “deixe aqui a sua mensagem”. Se tiver uma Ouvidoria melhor ainda, mas a maior parte das organizadoras de corrida de rua do Brasil não trabalham com este canal de comunicação exclusivo para ouvir os clientes.

E por que reclamar oficial?

Você sabia que os perfis de redes sociais podem ser administrados por assessores de comunicação de uma empresa ou usuários contratados para movimentar e gerar audiência? E nem sempre tais profissionais levam adiante as reclamações, apenas apagam porque geram mídia negativa. O porquê de eles apagarem é apenas uma escolha da empresa de não querer comentários negativos do seu evento nas redes. Você também apagaria do seu perfil alguém te xingando, concorda? É a mesma coisa.

Reclamar nos canais oficias de uma empresa é uma forma de ser lido por quem realmente pode fazer a diferença. E se uma pessoa fizer isso já aponta o erro, mas dezenas mostra que o fato ocorrido realmente incomodou. Juntar os amigos para registrar uma queixa na ouvidoria, no canal de atendimento ao cliente ou no direct da empresa na verdade é uma forma eficiente de ser ouvido.

E é assim que você faz a diferença. Sua reclamação chega ao setor correto da empresa promotora do evento e ela quer acertar, quer um evento perfeito e uma mídia 100% positiva. Reclamando de forma oficial você evita o transtorno de brigas virtuais e ajuda a empresa a melhorar na oferta.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here