O Pernambuco Running, maior portal de corridas de rua do Nordeste, lançou no começo do mês de fevereiro sua segunda corrida virtual para quem quer se desafiar mesmo estando em casa. Sem um ponto específico de partida e chegada; você escolhe a distância, cumpre o desafio quando quiser, conquista uma linda medalha e ainda participa de uma causa bastante solidária, na campanha #AjudeANALIS.

As inscrições para o Desafio Virtual PE RUNNING já estão abertas com duas opções de distâncias: 5k ou 10k. As atividades são válidas entre os dias 4 de fevereiro e 12 de março e, para participar, as inscrições tem o valor de R$ 35 e estão sendo realizadas através do site desafio.pernambucorunning.com.br, ou se preferir, através do WhatsApp 81 9 9644-0733.

Concluída a distância escolhida, é preciso enviar um comprovante do seu tempo (pode ser um print do celular, foto do painel da esteira ou até mesmo do GPS). Depois disso é só aguardar a entrega da medalha, que será realizada no ESPAÇO ATLETA da Laticínio Nunes, localizado na Rua do Fogo, 58, centro do Recife. Para os corredores fora da região metropolitana, foi disponibilizado em nossa loja virtual a opção de envio através dos Correios (PAC ou SEDEX).

O Desafio Virtual PE Running  é um evento solidário e boa parte do valor arrecadado será revertido para apoiar o tratamento de Ana Lis Rosendo.

SOBRE ANA LIS:

Ana Lis foi diagnosticada com a síndrome trico hepato entérica gerada por uma mutação genética ultra rara encontrada menos de 50 casos no mundo. As alterações da doença trazem diarreias intratáveis, alterações no fígado, desregulações imunológicas e anormalidades capilares. Recentemente uma doença auto-inflamatória também foi encontrada em Ana Lis e as crises de inflamação tem a debilitado muito. Juntas essas doenças tornam a Ana Lis mais frágil e por isso é realizo um tratamento em São Paulo.

Ao todo, são 16 doses diárias de 8 medicação diferentes e uma aplicada a cada 28 dias. São inúmeras medicações que foram sendo incluídas na rotina de Ana Lis e hoje a propiciam a ela viver com menos sintomas e internações. Com exceção do Ilaris (Canaquinumabe) que ela recebe do plano de saúde por decisão judicial, todas as outras são compradas e isso retorna um custo de pelo menos R$ 30.000 por ano para sua família. Para mais informações, visite o seu Instagram: https://www.instagram.com/analisrosendo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here