O sábado a tarde no Recife foi de corrida de rua em prol da consciência negra. Na Rua da Aurora, próximo a Assembléia Legislativa do Estado de Pernambuco os corredores participaram da 2ª Corrida da Consciência Negra, evento promovido pelo Deputado Estadual Osséssio Silva. A missão da corrida era colocar dentro do calendário de eventos do estado as comemorações do Dia da Consciência Negra, data dedicada a reflexão sobre a inserção da comunidade negra na sociedade brasileira, buscando chamar a população para os casos de racismo registrado no Brasil. Com inscrição gratuita, com valor simbólico de 1 quilo de alimento, milhares de corredores se reuniram à tarde, para participar dos percursos de 5 e 10 quilômetros.

Mesmo sendo um evento gratuito, a corrida contou com várias atrações antes antes da largada, como apresentação de música afro, aquecimento antes da corrida, o apoio técnico de árbitros da FEPA e ambulância com socorristas de prontidão, durante o percurso.

Com a largada acontecendo por volta das 16 horas, os corredores presentes partiram do Ginásio Pernambucano seguindo até a Ponte do Limoeiro, descendo pelo Cais do Apolo e realizando o retorno próximo ao Banco do Brasil, até chegar ao ponto de partida, na Rua da Aurora. Já os corredores dos 10 quilômetros fizeram este percurso em duas oportunidades para concluir a prova.

Entre vários acertos na corrida, alguns pontos ficaram a desejar e como o Pernambuco Running é um site sobre corridas de rua, vale a pena pontuá-los:

Pontos positivos:

Local de entrega do kit: Coleta do kit foi central pra todos. Próximo do metrô e com a Avenida Guararapes sendo o centro de várias linhas de ônibus. O horário de entrega contemplando os três turnos do dia também favoreceu a todos.

Hidratação: Durante o percurso, os postos de água estiveram bem distribuídos e, pelo menos para quem correu os 5 quilômetros tinha água gelada. Água quente ou fria apenas na chegada.

Pontos de melhoria:

Kit do corredor: Tudo bem que a corrida foi gratuita, mas numero de peito impresso nem folha de ofício não funcionou. Quem transpira muito ou é acostumado a jogar água no corpo durante a corrida terminou a prova com a numeração toda rasgada e quase identificável. Embora informado no regulamento, a ausência de medalhas finisher deixou muitos chateados.

Largada: O atraso na largada dos 5K não foi problema, haja visto que o clima vespertino contribui, mas um hiato de 1 hora entre as largadas dos corredores dos 5 e 10 quilômetros não foi tão legal, até porque o número de corredores que participaram da prova de 10 quilômetros foi bem menor comparado com o número de participantes nos 5 quilômetros.

Segurança publica: Este o ponto mais lamentável do dia, muito embora não seja responsabilidade dos organizadores da prova. Algo que vem se tornando frequência na maioria das corridas realizadas na Rua da Aurora, com vários arrombamentos de carros particulares enquanto os corredores participavam da corrida. Pelo menos três carros foram violados sem pudor.

Organização
Percurso
Preço
Avaliação

1 COMMENT

  1. gosto muito do trajeto no recife mas este considerei lamentavel por duas largadas e sem fiscalizacao de quem teria ganho de fato o trajeto

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here