Início Relato de Provas EcoRun – Etapa Reserva do Paiva: Saiba como foi….

EcoRun – Etapa Reserva do Paiva: Saiba como foi….

1906
0

A cidade do Cabo de Santo Agostinho, na Região da Reserva do Paiva, recebeu neste último domingo, 15 de outubro, centenas de corredores para a terceira e última etapa do ano da EcoRun. Com o pórtico de largada montada próximo ao Empório Gourmet, a turma topou o desafio de enfrentar as trilhas e as areias do Paiva, nos percursos de 5, 10 e 15 quilômetros.

A corrida de rua no asfalto é algo bacana mas, cada vez que participo de provas deste tipo, fico mais admirado por este esporte. A vibração, o companheirismo e a interação entre os corredores é incrível, sem falar que estamos junta à natureza. E depois de sete provas consecutivas visitante o Recife Antigo, a gente precisa “desintoxicar”. A trilha é algo que deve ser sempre visitada e curti-la sem sem olhar para o relógio, aproveitando o visual e apoiando quem se encontra pelo caminho.

Com a largada dada às 8 horas e debaixo de um sol escaldante, com o percurso da prova passou por trilhas estreitas e na areias da Praia do Paiva. E durante toda a prova os corredores contaram com uma estrutura bacana, com água a disposição, sinalização da quilometragem e setas apontando o sentido a ser seguido e com a receptividade e a alegria dos staffs a todo momento, incentivando os corredores, a cada trecho. Além da deles, a prova também contava com apoio dos soldados do Campo de Instrução Marechal Newton Cavalcanti (CIMNC) e bombeiros civis para qualquer incidente. Foi show de bola.

No ano passado a Reserva do Paiva também foi palco da EcoRun, mas neste ano o percurso veio com algumas novidades, passando por trechos dentro de uma propriedade privada e, para quem se aventurou nos 15 quilômetros, desfrutou ainda da Ilha do Amor, com a prova rompendo os limites do Cabo de Santo Agostinho e chegando até a praia de Barra de Jangada, em Jaboatão dos Guararapes.

No fim da prova, além de toda uma estrutura legal, contando com massagistas e o espaço do Empório Goumet, os corredores inscritos receberam uma medalha de participação que, unida as das duas etapas anteriores, forma uma mandala com o símbolo mundial da reciclagem, mostrando que a prova tem um conceito bem definido, buscando a conscientização de todos quanto ao respeito a natureza. Falta apenas é a turma colocar este conceito em prática na corrida, pois é incompatível e lamentável que participemos de uma prova de caráter ecológico e ainda se deparar com corredores arremessando copos descartáveis no mato ou na areia da praia. Atitudes como essa dificulta a limpeza do local e pode ainda comprometer a realização de novas atividades.

Correr em contato com a natureza, correr em ritmos diferentes, alternar entre corrida e caminhada. Provas como a Ecorun, longe do asfalto e dos centros urbanos nos mostra que somos feitos para viver com a natureza. Recomendo a todos que experimentem. Talvez durante alguns momentos poderão se arrepender, mas logo depois estarão completamente satisfeitos e felizes pela experiência e a certeza que que correr em trilha dá uma sensação de liberdade e paz muito diferente da corrida de rua tradicional.

E vocês participaram também? Conta ai pra gente do que achou compartilhando com a gente a sua opinião nos comentários e dando a sua nota no campo “votação do leitor”! Durante a semana teremos mais um vídeo mostrando como foi a corrida lá em nosso canal do Youtube! Ainda não tá inscrito? Inscreva-se e veja o vídeo desta e de outras corridas clicando AQUI!

Organização
Percurso
Preço
Avaliação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here