Início Relato de Provas III Desafio Milhas Trilhos & Trilhas: Saiba como foi…

III Desafio Milhas Trilhos & Trilhas: Saiba como foi…

1028
1

Corrida de rua é bacana e, muito provavelmente, talvez tenha sido a porta de entrada para a maioria dos corredores que acompanham este espaço virtual. É e sempre será gratificante completar uma prova e ultrapassar a linha de chegada, seja qual prova e em qual distância for. Mas o que podemos falar sobre completar uma trail run, superando os obstáculos impostos pela própria natureza junto às nossas limitações? Corro sempre e, a cada prova que completo não consigo encontrar uma definição. Mas o sentimento é sempre de dever cumprido.

O ano de 2018 está chegando ao fim e em dezembro pelo terceiro ano consecutivo o grupo Trilhos & Trilhas trouxe para os corredores e trilheiros o Desafio Milhas Trilhos & Trilhas, ou simplesmente DMTT. E mais uma vez no bairro de Aldeia, em Camaragibe. Na primeira edição em 2016 a brincadeira estreou com 15 milhas, ano passado o negócio ficou mais sério e evoluiu para 10 e 20 milhas e, neste ano, o desafio aumentou ainda mais com provas de 10, 21 e 42 quilômetros. E claro, assim como em 2017  a prova aconteceu no Hotel Campestre de Aldeia, localizado próximo ao KM 13 e instalado praticamente dentro da área preservada da Mata Atlântica. Um lugar aprazível com muito verde, tranquilo, com boa comida e atendimento. Quem optou por se instalar no hotel dias antes da prova dificilmente se arrependeu!

E o que falar da prova em si? Muita coisa! A turma do Trilhos & Trilhas conseguiu pelo terceiro ano  criar uma prova desafiante e com todas as características de uma trail run, mesmo com as limitações impostas pela crescente urbanização de Aldeia dos Camarás. Quem correu teve a chance de subir e descer barrancos, correr por estradões de terra batida, passar por caminhos quentes e também por trechos bastante arborizados. E dentro da Região Metropolitana, o DMTT ainda consegue elaborar um percurso com dificuldade mediana para alta e com alguns “single tracks“, que são aqueles trechos onde só passa um corredor por vez.

Além do percurso em si, a prova ainda teve alguns desafios a mais. O primeiro é que não havia cronometragem digital. Então como foi possível manter o controle de que os corredores de fato completaram o percurso? Criando alguns pontos de controles (PC’s) em alguns pontos críticos da prova. Não bastasse todo o desafio e superação que a própria natureza impunha para cada corredor, havia também um parafuso e uma porca (para a maratona, eram duas porcas) a ser encontrada durante o trajeto. O negócio era tão sério que, durante a prova eu tinha a certeza que poderia perder qualquer coisa, menos o danado do parafuso e da porca, onde juntos, era materialização de um esforço e superação de cada corredor para completar a prova.

Para turma que esteve à frente da organização da prova, Feiju e Flávio (ou Vovô Noivado, para os amigos), fica aqui nossos parabéns pela grande prova e organização desde o congresso técnico (que acompanhamos pelo Instagram) aos novos percursos realizados para esta edição. Embora tenha ocorrido um erro isolado na orientação do staff, por mais que tenha comprometido e causado transtorno e desgaste para um número considerável de corredores, isso não minimizará o comprometimento que o T&T teve para que tudo ali fosse posto em prática, da melhor forma possível. Que a situação seja vista como aprendizado para engrandecer o DMTT e jamais com desânimo.

E você participou também do DMTT? Faltou a gente relembrar aqui mais alguma coisa? Deixa nos comentários a sua opinião! As fotos retiradas ao longo do percurso podem ser conferidas clicando aqui!  A gente lembra também que daqui para segunda-feira (24) que vem teremos um vídeo bacana mostrando a nossa participação no DMTT e promete ser muito massa, que poderá ser conferido em  nosso canal no Youtube! Ainda não tá inscrito? Chega lá, inscreva-se e ative as notificações, clicando AQUI!

Organização
Percurso
Preço
Avaliação

1 COMENTÁRIO

  1. É uma prova para não se esquecer jamais, principalmente eu, que sai de 16km para 21km, e achava que nao iria completar. Foram exatos 20.730mts de pura emoção e desafios. Feiju é Vovô mais uma vez se superaram, e junto com Valéria da administração do hotel, proporcionou aos atletas momentos de alegria insuperáveis.
    Um feliz Natal para vocês e para todos os atletas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here