Início Relato de Provas 2ª Corrida Eu Vivo Paulista: Saiba como foi…

2ª Corrida Eu Vivo Paulista: Saiba como foi…

417
0

Demorou para chegar um feriadão, mas quando chega a gente não pensa em outra coisa que não seja para acordar cedo, reunir-se com alguns amigos e colegas e fazer aquele treino. E se no meio do feriadão tiver uma corrida de rua aí a situação melhora bastante, correto? Foi desta forma que iniciou nosso feriado da Independência do Brasil, com a Corrida Eu Vivo Paulista, pelo centro da Cidade das Chaminés, no litoral norte do estado.

Embora a corrida aconteça pelo segundo ano consecutivo no Feriado que comemora-se a Independência do Brasil, a Eu Vivo Paulista tem como propósito festejar o dia 9 de setembro, data na qual os paulistenses comemoram sua emancipação política e, neste ano de 2018, festejam 83 anos. A inscrição para a Corrida Eu Vivo Paulista aconteceu de forma exclusivamente presencial em um stand montado no Paulista North Way Shopping, com a doação de dois pacotes de leite em pó integral e não durou sequer 24 horas a disponibilidade dos 800 kits disponíveis. Quem não conseguiu esteve por lá participando da brincadeira na pipoca ou fez sua inscrição na Independence Run, que acontecia no mesmo dia e horário, em Olinda.

A corrida em si, assim como na edição anterior foi muito bacana e as vias estavam bem sinalizadas e com o apoio da autarquia municipal de trânsito controlando a passagem dos carros durante toda a corrida. O kit também foi legal, principalmente se levarmos em consideração que foi uma corrida festiva, com a inscrição simbólica de alimentos, mas a turma tem que tomar cuidado quando o quesito é a hidratação, onde mostrou-se insuficiente até no pórtico de chegada. Isso acaba tirando um pouco do brilho da corrida e comprometendo inclusive o desempenho daqueles que colocavam esta corrida como uma prova alvo para diminuir o tempo ou para completa-la sem caminhar. Sem água suficiente estes objetivos pessoais acabam ficando em segundo plano.

Em relação ao percurso, as subidas e descidas deixam a prova com um diferencial a mais, ainda mais para quem era visitante e não conhecia o relevo da cidade do Paulista. Dentre estes aclives, a principal delas fazia a entrada no bairro da Aurora fazendo a visita ao estádio Ademir Cunha, casa do tradicional América de Casa Amarela já faz alguns anos. Outro ponto alto do percurso ficou com a visita na Estrada do Frio, bastante arborizada e com o tráfego de automóveis bem controlado para realização da corrida.

Embora seja uma cidade dormitório para muitos, a Corrida Eu Vivo Paulista vem agregando bastante a cidade para mostrar que o local também tem muito corredor de rua, afinal, os milhares de corredores e dezenas de grupos e assessorias que lá estiveram eram da própria cidade, e isso engrandece muito o evento para sua manutenção nos próximos anos, mostrando ao poder público que a sociedade está em busca de prática de esportes e atividades voltadas ao bem-estar e a saúde.

E vocês participaram também? O resultado da corrida poderá ser conferido clicando aqui. Se você também participou, compartilhe com a gente a sua opinião aí nos comentários dê a sua nota no campo “votação do leitor”! E durante as semana tem vídeo novo lá em nosso canal no Youtube mostrando um pouco do que foi o Circuito SEST SENAT no Recife. Se você ainda não segue a gente por lá, dá aquela força pra gente! 😉 Acesse o nosso canal, inscreve-se e assista a outros vídeos por lá clicando aqui!

Organização
Percurso
Preço
Avaliação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here